domingo, 18 de Julho de 2010

Bolsa: Aula 3 - Acção, Índice Bolsista e Mecânica dos Mercados

Carissimos investidores.....

Nesta aula nr. 3 vamos abortar três conceitos que têm de estar sempre presentes na bolsa: acção e índice bolsista.
Por fim apresenta-se a mecânica dos mercados.


1 - Acção


Uma acção é um título financeiro que representa parte do capital de uma sociedade anónima, dando ao seu proprietário o direito de partilhar dos resultados dessa empresa e dando-lhe poderes para intervir no governo da sociedade (via o seu direito de voto).
O valor de uma acção vem dos resultados que a empresa gera e se espera que venha a gerar, mais o valor atribuído ao poder de influenciar o destino da empresa, via controlo da maioria dos direitos de voto.
As acções podem ser transaccionadas numa bolsa de valores em que estejam cotadas, ou ao balcão se não estiverem cotadas em bolsa.
Uma empresa necessita de diversos activos como, por exemplo, escritórios e computadores. Para pagar estes mesmos activos, a empresa precisa de dinheiro. Pode optar por pedir um empréstimo ou pode emitir valores mobiliários, como obrigações ou acções. Os investidores podem comprar estes valores mobiliários, injectando na empresa o capital necessário. A oferta de valores mobiliários é efectuada no chamado mercado primário.
Ao comprar uma acção, um investidor está, na verdade, a adquirir uma pequena parte da empresa ou, por outras palavras, passa a deter uma acção da empresa. Este accionista tem o direito de voto nas assembleias gerais de accionistas e a uma parte dos lucros da empresa, chamados dividendos. Apesar da acção detida representar uma parte da empresa, o accionista não pode ser responsabilizado pelas respectivas dívidas.
As acções são investimentos susceptíveis de serem negociados. A negociação de acções é efectuada no chamado mercado secundário.

             1.1 - Tipos de acção

=> Ordinária Nominativa (ON) - dá direito a voto em assembléia sobre definições da empresa.
=> Preferencial Nominativa (PN) - não dá direito a voto, mas preferência no recebimento de dividendos.

As empresas dividem seus lucros com os acionistas. Algumas fazem isso mensalmente, outras trimestralmente.
Os dividendos dados a quem tem ONs nem sempre são iguais aos dados a quem tem PNs.
Nesses casos, as preferenciais nominativas recebem valores maiores. Além disso, as PNs são vendidas e compradas com maior facilidade.
Porém, algumas empresas só disponibilizam ações ordinárias nominativas.


2 - Indice Bolsista

Os índices de bolsa correspondem a carteiras com determinada composição que procuram reflectir a evolução de um determinado mercado ou de parte desse mercado. Por exemplo, um índice geral de um mercado será equivalente a uma carteira onde se incluissem todos os títulos desse mercado. A evolução deste índice representa, deste modo, a evolução do mercado ou, como também se pode referir, a evolução da carteira do mercado.


    Outra Definição:

Os movimentos de uma bolsa de valores são captados através de índices de bolsa de valores.
Tais índices englobam o valor médio em moeda corrente de determinado grupo de ações, consideradas mais representativas no movimento total do mercado ou de empresas atuantes em determinados setores da economia.
Existem, pois, índices gerais e índices setoriais para cada Bolsa de valores. A variação do índice espelha a tendência da bolsa - de alta ou de baixa - em um determinado momento do pregão, ou ao final dele, comparando-se com o índice do dia anterior.
Os índices de ações servem como um termômetro para o mercado, pois as ações tendem seguir um movimento em grupo, desvalorizando-se ou valorizando-se conjuntamente, principalmente nos casos onde o índice sofre variações bruscas. Os índices geralmente englobam as ações mais negociadas no mercado a que se referem.
Cada bolsa de valores tem seus índices


3 - Lista dos principais indices mundiais e nacionais


Índice PSI 20
É constituído pelas vinte acções mais lÍquidas e representativas, negociadas no Mercado de Cotações Oficiais da Bolsa de Valores de Lisboa. A composição da carteira é revista semestralmente. Este índice não leva em conta o pagamento de dividendos no seu cálculo, pelo que a rendibilidade que apresenta corresponde apenas à evolução dos preços dos valores mobiliários. Este índice foi criado pela Bolsa de Derivados do Porto para servir como activo de suporte ( ou activo subjacente) na negociação de instrumentos derivados (futuros e opções)
Índice BVL 30
É constituído por 30 acções admitidas ao Mercado de Cotações Oficiais da Bolsa de Valores de Lisboa, consideradas as mais representativas em termos de liquidez e de capitalização bolsista e atendendo à dispersão do capital. A composição da carteira é revista no final de cada trimestre. Este índice inclui a rendibilidade total dos valores mobiliários, na medida em que considera os dividendos distribuídos por todas as acções que o integram.
Índice BVL Geral
É constituído por todas as acções admitidas ao Mercado de Cotações Oficiais da Bolsa de Valores de Lisboa que apresentem níveis de liquidez/dispersão considerados aceitáveis. Trata-se igualmente de um índice de rendibilidade total.
Índices BVL Sectoriais
São calculados decompondo a carteira do índice BVL Geral nos diversos sectores nos quais é classificada a actividade económica exercida pelas sociedades. Existem vários índices sectoriais, representativos dos diversos sectores de actividade com acções negociadas na Bolsa de Valores de Lisboa.
Média Dow Jones (Dow Jones Industrial Average)
É o índicador de acções mais antigo ainda em uso, medindo as performances dos mercado financeiro americano. As 30 acções incluídas actualmente no DOW são cotadas no NYSE (Bolsa de Nova Iorque), excepto a Microsoft e a Intel que são cotadas no Nasdaq. São títulos representativos das principais empresas americanas. No rigor dos princípios, o Dow Jones não é um índice, mas uma média de preços.
Índice SP 500
Este índice mede a performance global do mercado accionista americano através de 500 acções que representam as principais industrias.
Índices NASDAQ
São constituídos pelos títulos de empresas tecnológicas cotados no mercado electrónico Nasdaq. Existem vários índices Nasdaq que representam diversas carteiras teóricas de títulos (Nasdaq 100, Nasdaq Composit, Nasdaq swctoriais, etc.
Índice DAX 30
É constituído por 30 títulos representativas das principais empresas alemãs.
Índice FTSE 100
É constituído pelos 100 títulos representativos das empresas de maior capitalização bolsista na bolsa londrina.
Índice IBEX 35
É representativo dos 35 títulos mais transaccionadas na bolsa espanhola.
Índice CAC 40
É constituído por 40 títulos representativas das principais empresas francesas.

4 - A mecânica do mercado

A Bolsa é um mercado puro de oferta e procura. As pessoas querem comprar ao mais barato possível e vender ao mais caro possível. Os investidores mais sérios dizem que o mercado é um jogo segundo o qual se processa a passagem do dinheiro dos menos experientes para a mão dos mais experientes. Teoricamente, dado que envelhecemos e novas pessoas nascem, é de esperar que quem estuda sistematicamente o mercado de acções veja os seus concorrentes experientes a seguirem a lei da vida: a reformarem-se, a falecer, ou a procurar outros negócios, enquanto que novos e inexperientes jogadores começam a entrar. Com esta evolução natural, em determinada altura do nosso caminho estariamos em posição vantajosa para beneficiar do mercado.


Excerto do livro online: http://www.antoniorodrigues.net/index.php?oid=51


Para visualizar melhor o ambiente das bolsa, principalmente antes do aparecimentos e massificação dos sistemas de informação e Internet, aceder ao link abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=Ftrcmm1y88Y&feature=player_embedded


Referências:


Um dos sites mais interessantes que conheço para rever conceitos e definições é www.thinkfn.com. É um site muito completo e com uma estrutura tudo idêntica a Wikipédia. Tenham sempre a mão este site porque concentra muita informação importante principalmente se se iniciarem na análise fundamental (tipo de análise a qual não será abordada nas aulas enviadas por email)

http://www.thinkfn.com/wikibolsa/P%C3%A1gina_principal
http://www.thinkfn.com/wikibolsa/PSI-20
http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/40/406/40615/article.jhtml?articleID=1721
http://www.thinkfn.com/wikibolsa/Ac%C3%A7%C3%A3o
http://www.euronext.com/editorial/wide/editorial-2284-PT.html
http://economia.uol.com.br/ultnot/2008/05/14/guia_bovespa_bolsa_valores_aplicar_acoes.jhtm





P.S. - O que pretendo com esta iniciativa é que as pessoas tenham um conhecimento básico do que é a bolsa, os seus conceitos básicos e as bases da análise técnica. Declino quaisquer responsabilidade em iniciativas próprias de investimentos. Sejam criticos em relação a tudo o que escrever e disser. Sejam elementos activos e não elementos passivos.

Sem comentários:

Enviar um comentário